Muitos porto-alegrenses e visitantes do Rio e São Paulo passavam parte do verão em Canela, seja por recomendação médica, pelo clima aprazível ou graças às belezas naturais. A vida gravitava em torno do hotel, onde se realizavam as festas dos "veranistas".

Passadas duas décadas foi erguido com tijolos e pedras basálticas um prédio entre o lago e os chalés que se espalham no meio do verde.

O Grande Hotel Canela possui características muito próprias: o traço da família, que conserva há tanto tempo, a virtude do serrano, a tradição de hospedar, de receber e de zelar.

Danton Corrêa da Silva, a exemplo de seu pai, foi um pioneiro em Canela, e, junto com sua esposa Anita Franzen Corrêa, deixou como herança não só um hotel, mas o verdadeiro espírito hospitaleiro, o que é possível confirmar na atual estrutura do Grande Hotel Canela.

Conheça o nosso museu →